Preciso falar com você e reafirmar nossa posição sobre algo muito triste que vimos todos vimos essa semana.

Você que participa das nossas redes sociais, já sabe qual é a nossa posição em relação ao Bem Estar animal.

Esta semana a mídia divulgou amplamente mais um caso chocante. Um "canil" clandestino foi fechado pela Guarda Municipal Rio Grande da Serra.

VEJA A MATÉRIA

Infelizmente noticias como esta tem recorrentemente frequentado os noticiários.

Marginais, travestidos de criadores expondo animais a toda a sorte de maus tratos em prol de alimentar um comércio clandestino.

Este tipo de atuação não pode ser chamada de criação de animais, e essas pessoas não podem ser chamadas de criadores.

Criadores sérios tem profundo respeito e paixão pela criação, por trazer alegria, felicidade e proporcionar bem estar.

Nós repudiamos total e veementemente qualquer tipo de criação ou alojamento de animais que tenha como resultado maus tratos e exploração inescrupulosa de qualquer tipo de animal.

Lutamos a 10 anos, não somente para criar exemplares bonitos e saudáveis.

Lutamos a mais de 10 anos para provar que é possivel a criação ética e responsável, baseada em bem estar.

Lutamos a mais de 10 anos para provar que pode existir uma criação consciente e responsável, que a criação pode ser sustentável, pode ser realizada com consciência ambiental.

Lutamos a mais de 10 anos para provar que existe seriedade, amor carinho e dedicação.

Mas infelizmente a cada novo episódio de fechamento, descoberta de "canis" clandestinos uma voz começa a ecoar.

Uma voz ativista (não da causa animal que tanto respeitamos e colaboramos) mas do radicalismo, da insenssatez.

Uma voz que por interesses próprios quer desqualificar o trabalho sério que nós e outros criadores idôneos realizamos.

Essa voz nos agride gratuitamente, sem observar o trabalho de excelência e paixão que fazemos e difundimos.

Essa voz que vem das sombras com perfis falsos para agredir e injuriar não só nosso trabalho e princípios, mas também faz ataques pessoais e nossa a familia

Vozes podem se levantar, mas nunca abriremos mão dos nossos princípios:

Maus tratos jamais devem ser tolerados

O comércio sujo e criminoso deve ser combatido

Seja fácil ou difícil, em um curto ou em um longo espaço de tempo não vamos nos curvar e deixar de provar a cada dia que É POSSIVEL, criar animais de maneira responsável, ética e promovendo o bem estar.

Nossa posição é firme e levaremos ela adiante.

E eu quero convidar você nesses dias a estar conosco e compartilhar informações e mensagens que promovam o bem estar e fomente a responsabilidade tanto dos criadores como dos tutores e proprietários.

Um forte abraço

Leriel e Carol